Consulta com o pediatra durante a gravidez

21/04/2016

Em geral esta primeira consulta tem o objetivo de orientar e esclarecer dúvidas, e os pediatras aconselham que o pai também esteja presente na consulta. O ideal é que a primeira consulta de pediatria seja agendada ainda no final da gravidez, a partir de 32ª semana de gestação, para o pediatra e mãe se conhecerem e interagirem com as dúvidas que surgem mesmo antes de o bebê nascer. Nesta consulta, é importante para o pediatra verificar alguma intercorrência na gravidez que possa influenciar a saúde da criança, através dos exames realizados no pré-natal, além de saber dos fatores emocionais envolvidos. Você poderá solucionar as suas dúvidas sobre os tipos de parto, o que acontece com o bebê logo que nasce, amamentação, como se preparar para receber o seu filho em casa, entre outras questões. Enfim, esta primeira consulta serve para você criar confiança e se sentir segura com o pediatra que vai cuidar do seu filho.

Assim que você deixar a maternidade, agende a primeira consulta do seu bebê. O ideal que seja feito entre o 5º e 10º dia de vida. Os pais devem levar para a primeira consulta os documentos que informam o histórico do bebê, como os exames e vacinas realizadas na maternidade. Durante o primeiro ano de vida as consultas devem ser mensais a fim de detectar precocemente qualquer alteração, já no segundo ano passam a ser trimestrais. Nesta consulta, o pediatra deve perguntar sobre o histórico de saúde dos familiares, da gestação, o contexto familiar, se primeiro filho, informar sobre os dados do parto, verificar o aspecto nutricional, a amamentação, o sono, as funções fisiológicas (diurese e evacuações), o cuidado com o coto umbilical, a carteira de vacina, o banho de sol, o suplemento vitamínico. No exame físico, devem-se avaliar as medidas antropométricas como peso, comprimento e circunferência cefálica, avaliar cada segmento da criança, inclusive sem a fralda. São avaliados ainda o desenvolvimento emocional, comportamental e motor.

Convém aos pais a anotar as dúvidas na agenda entre os intervalos das visitas. Dúvidas sobre dificuldades na amamentação, cólicas, icterícia, regurgitações, vômitos, sons e ruídos emitidos pelo bebê, soluços, características de fezes, higiene corporal, o banho de sol, vacinas, quantidade de roupas, controle de temperatura, além de temas de interesse particular de cada família podem ser solucionadas durante a consulta. Preparar essa lista garante que você volte para casa com todas as perguntas respondidas.

Veja também

Causas de Urticária aguda na infância.

Causas de Urticária aguda na infância.

06/05/2019 - A urticária aguda pode ser causa por alergia a alimentos, por exemplo leite, ovos, trigo, soja, amendoim, crustáceos, etc . Infecç&ot...

Bronquiolite

Bronquiolite

04/10/2017 - A bronquiolite é uma doença respiratória aguda, que provoca chiado no peito em crianças menores de 2 anos de idade. Os principais ca...

Dermatite de contato alérgica

Dermatite de contato alérgica

18/04/2017 - A dermatite de contato é uma reação inflamatória na pele decorrente da exposição a um agente capaz de causar irrita&cc...

Dermatite atópica

Dermatite atópica

22/06/2017 -   A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica da pele que apresenta uma evolução cíclica ...